Translate

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Conheces-me nos raciocínios das mãos



Conheces-me nos raciocínios das mãos,
nos considerandos do corpo e,
nas rugas engomadas do que sinto,
sabes dos reinos a ti semiabertos,
que nunca semicerrados o foram.

Nas tuas mãos,
já não tuas, mas minhas, que as quis,
teci uma auréola que bendiz
o teu corpo de Rainha coroado,
não a alma, que é de Deusa.

Nas minhas mãos,
já não minhas, mas tuas, que as usas,
debruaste um cetro que não vejo,
mas que sentes sob o manto da ternura,
também minha.

Por isso,
se da vida não sobrar maior gosto
que o ascético sentir,
sintamo-nos então e,
sem tatear,
moldemos cegos o sustentável.



Jaime Portela


42 comentários:

Andreia Morais disse...

Torno-me repetitiva, mas a verdade é que fico sempre fascinada com a sua poesia!

Bom resto de semana*

Pedro Coimbra disse...

O sentido tacto a que o poema faz referência faz despertar em nós todos os outros sentidos.
Muito bonito, Jaime.
Aquele abraço

luar perdido disse...

Amigo Jaime, que hino ao amor! que belíssimo poema. Um entrelaçar de mãos, desejos, corpos; a expressão mais bela do amor.

Lindo, lindo, lindo, querido amigo. Parabéns

Beijo de luar

Larissa Santos disse...

Um poema muito bonito! Parabéns

Saudade, com cor e presença.
.
Bjos

Marina Fligueira disse...

Precioso poema, que expresa halos de amor envueltos en un manto de ternura.
Me ha gustado mucho tu pluma. Gracias.
Pasa un buen día, te quedo agradecida por tu visita.

Se muy -muy feliz.

Os olhares da Gracinha! disse...

Moldemos então!!!
Sempre interessante o seu "poetar"!!!
bj
...
O passeio faz-se no Parque da Cidade … da Mealhada:
https://crocheteandomomentos.blogspot.pt/2018/01/parque-da-cidade-da-mealhada.html

E a tarte de abóbora é decorada com … amêndoa:
https://ospetiscosdagracinha.blogspot.pt/2018/01/tarte-de-abobora.html

Continuação de uma BELA de uma semana!!!

Cidália Ferreira disse...

Mais um excelente poema nos traz. Obrigada. Amei


Beijo e um tarde feliz

Larissa Santos disse...

Hoje:- Teus lábios querem devorar-me...
.
Bjos
Resto de uma boa Quinta-Feira

Marta Vinhais disse...

Uma declaração de amor perfeita....
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

Ailime disse...

Boa noite Jaime,
Um poema muito belo numa declaração de amor sublime.
Gostei muito.
Um beijinho.
Ailime

Diana Fonseca disse...

E é tão bom conhecer assim alguém.

Érika Oliveira disse...

Que poema lindo e emocionante. Gostei muito!!!!!

Érika Oliveira disse...

..

RECOMENZAR disse...

eres romance de letras
letras en romance de un alma en nostalgia enamorándote
abrazos desde Miami

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Palavras que nos encantam sempre Jaime!
Bjs,obrigada pela visita e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

lua singular disse...

Oi Jaime
Queria ser a Deusa dessa poesia.
Linda
Amei

Beijaflor disse...

Quando tudo é consentâneo
Nos fios de cada palavra tecida
Acabando por ser espontâneo
Nessa força, que lhe dão vida!

Bom fim-de-semana

Abraço

Pedrasnuas disse...

Conhecer as mãos...é conhecer uma parte significativa de alguém.

Belo poema!

Bom fim de semana, amigo Jaime.
Beijo.

Larissa Santos disse...


-
Do Gil António, que se encontra doente, motivo porque não vos visito. Pedimos a compreensão: Hoje:- Luz no teu quarto ...Tentação do meu olhar
.
Bjos
Resto de uma boa noite

Majo Dutra disse...

Uma maravilha, Jaime.
Na verdade, é o sonho de qualquer mulher,
ser intensamente amada até o fim dos seus dias.
Gostei muito.
Abraço amigo.
~~~~~~~~~

BETONICOU disse...

Oi amigo Jaime! Como sempre, nos brindando com alta sensibilidade. Sempre venho e releio seus lindos poema. Daqui a pouco temos postagem em Curvas. retas e esquinas. Te desejo um ótimo fim de semana. Abraço.

Kalinka disse...


Haja encantamento por aqui, Jaime!
Sintamos então...

Obrigado pela partilha
é sempre maravilhoso ler o que escreve.

Lá para os meus lados
Fiz um desabafo, sim...
tenho o direito de dizer o que sinto ou não?

A VIDA É MUITO INJUSTA vezes demais!!!

Há quem não concorde com o meu desabafo
mas a esses, eu digo:
...há um ditado muito antigo que diz:
Quem não se sente, não é filho de boa gente!

Fui ao Google buscar a explicação:
É do verbo sentir. No sentido de ressentimento. Ou seja, quem não fica ressentido por algo (que lhe foi dito, feito, etc.), não pode ser considerado uma pessoa íntegra.

Esse provérbio também se diz: "Quem não sente não é filho de boa gente." Quem não sente, por exemplo, o desrespeito de alguém para com ele, não é/pode ser considerado boa pessoa.

Mágoa tenho, e não se ganha prémios monetários
Só que é a minha dignidade que está em causa!
E, lidar com injustiças nunca foi o meu forte...

Quem não gosta que o seu trabalho seja reconhecido?

Para tudo na vida há solução (menos para a morte)
daí que para mim o post que fiz foi para encerrar o assunto!
Está mesmo encerrado,
aquela gentinha não merece o meu sofrimento, acabou.

E, nesta 6ª feira em 2 grupos internacionais tive em cada um deles uma foto em destaque!
Fechou-se uma porta
abriram-se 2 janelas.
EU MEREÇO.

Se quiser ver:
http://momentos-perfeitos.blogspot.pt/

Bjs
Bom fim de semana!
Tulipa

Ontem é só Memória disse...

Este poema está lindo!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

Graça Pires disse...

Mãos que sentem. Mãos que falam. Mãos que se entregam. Muito belo, Jaime.
Um bom fim de semana.
Um beijo.

Poemas em dó menor disse...


Gosto das mãos. Depois do rosto e do olhar, é para elas que olho... assim como gostei dessa tua confusão de mãos, que através do sentir, constroem para si o que precisam.

Gostei muito, Jaime.

Bjs.

Maria Rodrigues disse...

Palavras plenas de mor e carinho.
Maravilhoso poema
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Andreia Morais disse...

r: Sim, isso também é verdade. Houve uma mudança na perceção e aceitação desse conceito.
Muito obrigada!

Bom fim-de-semana

Manuel Veiga disse...

gostei muito deste hino às mãos!
a linguagem dos afectos na polpa dos dedos.

abraço. caro Jaime Portela

Lucinalva disse...

Olá Jaime, lindo poema. Abraços

Fá menor disse...

Haja ternura, e falarão as mãos.

Bom fim-de-semana!

Beijos.

luna luna disse...

Com palavras sábias, como sábio é o amor, este poema revela o amor para lá do tempo e a sua permanência no coração, beijinhos

© Piedade Araújo Sol disse...

JP

e são as mãos a inspiração deste excelente poema impregnado de ternura

muito belo!

beijinhos

:)

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Dias sem fim a tactear visões do coração. É assim o Amor: não se vê apenas olhando...
Parabéns, Jaime.

Abraço
SOL

Ana Freire disse...

Palavras plenas de emoção, Jaime!
Mais um belíssimo momento poético, para ler e reler...
Beijinho! Feliz semana!
Ana

http://pensandoempoesia.blogspot.com.br disse...

Um poema encantador onde o poeta esbanjou amor, talento e inspiração. Qual mulher não gostaria de receber tamanha entrega? Seus versos são por demais fascinantes mesmo!

Tenha uma feliz semana!
Abraço!

Teresa Almeida disse...

E do amor falam as mãos que se perdem e se encontram.


Mais um poema bem construído, como só as mãos sabem fazer.

Beijnho, Jaime.

Minhas Pinturas disse...

Olá amigo poeta, Seu poema lindo é um hino ao amor, sempre inspirado. Parabéns, grande abraço.
Léah

Josélia Micael disse...

Maravilhoso poema de amor e carinho amigo Jaime!
Adorei, os seus poemas são todos lindos!
Obrigada pela partilha.
Fraterno abraço amigo!
Muito obrigada pelas suas visitas!
Fico muito grata!
Seja muito feliz!

Maré Viva disse...

São mãos que se tocam e se trocam, mãos que falam, que beijam, que tecem a teia de que veste o Amor! Muito belo.
Feliz 2018!
Abraço.

Mar Arável disse...

Mãos nas mãos

rosa-branca disse...

Mãos debruadas de ternura, num poema maravilhoso, que amei demais. Jaime, boa semana e beijos com carinho

Jaime Portela disse...

*******************************************************************************
Caros amigos, obrigado pelos vossos comentários. Voltem sempre.
Entretanto, acabei de publicar um novo poema. Espero que gostem.
Continuação de boa semana.
Saudações poéticas.
*******************************************************************************