Translate

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Alma de organdi



Vejo poemas nos seios
continuamente arrimados
e prudentes
no avesso recatado da tua blusa.
Não com a pele desgrenhada,
que apenas se despe
de um jeito que surge
do nada apressado,
mas com as mãos
atadas à loucura que grassa
nos poros reciprocamente atraídos.

Leio poemas nos lábios vermelhos
que sempre olhei hospedados
no brilho fácil do teu sorriso.
Não com a enganada razão,
que apenas se adorna
das formas sedutoras
que crescem da imaginação,
mas com os gestos desgovernados
dos sentidos que se procuram.

Vejo e leio poemas em ti
porque, com a mesma fala
e com o mesmo olhar,
na tua pele os teces
das cores mágicas com que bordas
a tua alma de organdi.

Jaime Portela


48 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Maravilhoso poema de amor Jaime!
Parabéns por versos tão belos.
Bjs e obrigada pela visita.

Carmen Lúcia.

Pedro Coimbra disse...

Quando estamos apaixonados é essa a beleza que vemos no ser que amamos.
Retratada aqui de forma sublime.
Aquele abraço

Cidália Ferreira disse...

Mais um excelente poema!! Parabéns!!

Beijo e um dia feliz

Arco-Íris de Frida disse...

Vejo e leio poemas em ti
porque, com a mesma fala
e com o mesmo olhar,
na tua pele os teces
das cores mágicas com que bordas
a tua alma de organdi.

Poema belissimo, principalmente essa parte... adorei...

Beijos...

Gil António disse...

Sensual e sedutor. Pura magia poética.
.
Hoje
*** NATAL - OS DEGRAUS DA NUA ESSÊNCIA ***
.
Deixando um abraço amigo.
Um dia feliz. Bom Natal

Beijaflor disse...

Uma alma assim bordada
Em cuja pele transparece
Só poderia ser desenhada
Por coração que a merece.

Vanessa disse...

Belíssimos versos querido amigo Jaime, me encanta a tua inspiração!
Tenha uma boa quinta feira!

Brisa disse...

Olá Jaime

"Vejo e leio poemas em ti"...Ler-te é um encanto sedutor...Sedutor, de palavras tão belas...

Desejo-te um bom final de semana e tudo de bom
Bjo

lua singular disse...

Oi Jaime
Amei demais.
Uma paixão deliciosa do começo ao fim
Sabe o que nos encanta
Beijos
Lua Singular

Célia Rangel disse...

Encantamento é a sensação que o enamorar-se nos traduz. Seu poema, Jaime, é a viva expressão de um grande e poético amor, em uma alma de organdi... leve e transparente!!
Abraço.

Andreia Morais disse...

Que poema maravilhoso!

r: Eu é que agradeço o feedback :)

Continuação de boa semana*

Josélia Micael disse...

Olá!
Passei para lhe agradecer o seu comentário!
Muito obrigada, já estou seguindo o seu blog:
Seus poemas são fantásticos, há neles veia poética à vista!
Parabéns. Feliz Natal!
Abraço de Paz e Bem.

Franziska disse...

Quisiera ser capaz de transmitir con mis palabras la hondura de mis mejores deseos para que la felicidad sea una realidad en vuestra vida:en estas Navidades y en el año que está a punto de llegar.

Voy a tomarme algún tiempo de descanso y es por esa razón que no llegarán mis comentarios a vuestros blogs. En cuanto me sea posible, retornaré.

Con el afecto y la cordialidad de siempre, repito:

¡Feliz Navidad y que el Año Nuevo os colme a todos de paz, amor y libertad!

Graça Pires disse...

Um amor muito inspirador, Jaime. Muito bom e delicado este poema.
Um bom fim de semana.
Um beijo.

BETONICOU disse...

Oi Jaime! pelo teus belíssimos textos posso ver o coração apaixonado por uma grande mulher. Quem amamos se torna poesia sempre.Mais um dos teus belos textos a massagear a alma. Ótimo fim de semana. Abraço

Marta Vinhais disse...

Um amor que se declara apaixonadamente...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

© Piedade Araújo Sol disse...

JP

um poema bordado com ternura e muita paixão.

palavras deliciosas e muito bem escritas.

bom final de semana.

beijinhos

:)

Teresa Almeida disse...

É um poema delicado e desgovernado. Amor-paixão.

Gostoso de ler.

Beijo

Tais Luso disse...

Alma de organdi!
Muito bonito, Jaime, a começar pelo título tão delicado!
Parabéns, como sempre muito inspirado.
Beijo, amigo!

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Plena inspiração poética!
Um regalo ao olhar ver e ler tão "intensa" conjugação de palavras, sublime-mente escolhida!
Um bom fim de semana.
Abraço
Rui
Olhar d'Ouro - bLoG
Olhar d'Ouro - fAcEbOOk

Majo Dutra Rosado disse...

O que te foste lembrar!
Uma metáfora belíssima, «alma de organdi.
O poema é um belíssimo hino ao Amor.
Aplaudo a tua inspiração.
Abraço, Amigo.
~~~~~~~~~~

Olinda Melo disse...


Vejo aqui amor correspondido e paixão "nos poros reciprocamente atraídos" e n' "os gestos desgovernados dos sentidos que se procuram". E vejo também a delicadeza do poeta nas palavras, na costura e cerzidura dessa blusa e desse tecido que requer cuidados redobrados. O tecido da Alma.

Belo poema, caro Jaime.

Abraço

Olinda

tulipa disse...


OLÁ Jaime

Sabe o que lhe digo?

Neste momento
e, nesta época do ano
sinto-me abandonada
como se eu fosse…
algo descartável
usar e deitar fora...

As suas palavras lindas
existem em outro Mundo,
muito distante do meu...

Por cá...ou seja,
na minha Vida e nos meus blogues
ainda nada de Natal...!

Num dos meus blogues
conto uma experiência diferente
que me aconteceu o mês passado.

É verdade, foi uma experiência diferente
e ao mesmo tempo, interessante
a que tive naquela aldeia no meio do NADA.

QUANDO LÁ CHEGUEI...
fiquei um pouco preocupada pelas condições que tinha para circular com o carro
e com medo de o estragar
depois,
levar toda a bagagem na mão
pois não há trolley que aguente
circular naquele caminho de cabras
mas, tudo passou e gostei.

Bom fim de semana
beijos

Manuel Veiga disse...

os quatro primeiros versos abrem o apetite
os restantes são a consumação de um belo poema amor,

poema de Mestre, meu caro amigo Jaime

abraço

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Essa alma que se veste
De organdi, cuja blusa
Sedosa e ousada, abusa
Da beleza, é uma "peste"...

Pois o organdi que reveste
Os seios, deixa obtusa
A ponta de um seio e cruza
O rosa com o azul da veste.

Assim eu leio no busto
Da amada, o verso augusto
Que tange sexo e amor.

E meu instinto robusto
Sufoca o amor e de susto,
Susta a alma, sem pudor.

Belo poema o teu, Jaime! Parabéns! Abraço cordial. Laerte.

Ana Tapadas disse...

Belo e sensível lirismo, meu amigo!

Beijo meu

luar perdido disse...

É assim, querido Amigo, quando o amor invade a alma, preenche a vida e, sem vergonha, se cola à pele e à vida.

Um belíssimo poema, Jaime. Como sempre, uma valsa de palavras, com o calor de um bolero. Lindo.

Beijo de luar.

Minhas Pinturas disse...

Oi amigo Poeta, aqui só encontro maravilha. Belo poema, dá gosto ler.
Abração.
(Obrigada pela visita e votos de bos festas. Idem, Ibidem para você e familiares).
Léah

Poemas em dó menor disse...


"Alma de organdi"

Poema delicado de quem vê para além das aparências. Gostei muito.

Beijinho.

Aleatoriamente disse...

Poeta,o dom da tua escrita vem acarinhado por Eros com certeza.
Há magia, há encanto, há poesia.

Passando para te desejar um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de saúde e inspiração.

Beijinho

Fábio Murilo disse...

Belo poema, sensual, delicado.

Arte & Emoções disse...

O amor tudo transforma. Embeleza e torna sedutor. Lindo poema Jaime.

Abraços,

Furtado

Smareis disse...

Belíssimo poema Jaime.
Eu desejo um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!
Que a luz divina ilumine o seu caminho neste e em todos os Natais que virão.
Feliz Natal e um próspero Ano Novo!
Que 2018 lhe traga muitas coisas boas.
Abraço e boa semana amigo.

RECOMENZAR disse...

Ojala pudiera expresar en portugues lo bello que es tu blog y lo que escribes

Emília Pinto disse...

Querido amigo, hoje venho aqui, especialmente para te desejar que esse amor a ela cantado continue e que, além desse, tenhas todos os outros teus amores presentes nesta data considerada tão especial ( para muitos é até dolorosa )e que continuem na tua vida para sempre Para se poder apreciar, sentir e retribuir tanto amor é preciso saúde e paz e, portanto, o melhor que te posso desejar é isso, saúde, amor e muita paz, agora no Natal e em todos os outros dias que a vida te conceder. O meu agradecimento pelo carinho que tens demonstrado para com o começar de novo. Boas festas, Jaime! Um beijinho
Emilia

Diana Fonseca disse...

Que poema lindo.

Ana Freire disse...

Inspiração e romantismo, finamente bordados em cada palavra, deste belíssimo poema, Jaime, que foi uma delícia apreciar! Parabéns!
Deixando um beijinho, e os meus votos de uma excelente semana, e de um Natal muito feliz, com saúde e paz, na companhia dos que lhe são mais queridos!
Tudo de bom!
Ana

Fá menor disse...

Que se possam sempre ler poemas em tudo na vida!

Votos de um Santo e Feliz Natal e óptimo Ano Novo, amigo!

Bjos

Existe Sempre Um Lugar disse...

Votos de Feliz Natal,
AG

Agostinho disse...

O Poeta acende o vermelho quente
da paixão e, ponto a ponto,
o bordado cresce irresistível
na contenção.
Há implícito o jogo de fazer
para desfazer - laço-descalço.
Se o fio parte viro o poema
do avesso.

Há a marca inconfundível do Jaime.

Boas Festas.

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Amigo, com os preparativos para reunir a família e amigos neste Natal, o tempo para os bloques ficam mais resumido e como você é tão importante quanto qualquer amigo real, não poderia deixar de vir aqui com meus votos de um feliz Natal!
É Natal e o espírito de confraternização natalino aquece os nossos corações, renova os nossos ânimos e os nossos sonhos. Nesta época fazemos uma retrospectiva do ano que passou e passamos a limpo a nossa vida. Obrigada pelas visitas, comentários, as palavras amigas e a valorização que deu as minhas publicações neste ano que termina.

Lhe desejo um Natal especial, cercado de familiares e amigos, e um início de ano maravilhoso! Que esta energia positiva se mantenha durante todo o ano novo em nossas vidas.

Boas festas E que venha mais um ano de muito trabalho e muitas realizações profissionais e pessoais, muita saúde, prosperidade e paz para todos nós.

FELIZ NATAL
Abraços da amiga Lourdes Duarte.

luar perdido disse...

Amigo Jaime, desejo-te um Natal de paz e luz, com harmonia e muita alegria. E que o 2018 traga tudo o que mais desejas.

Festas Felizes, querido amigo.

Beijo de luar

teresa dias disse...

Olá Jaime!
Pintaste o amor em cada um dos versos do poema. Belíssimo!
Passei para te desejar um SANTO NATAL e um EXCELENTE 2018.
Muita saúde, amor, alegria, paz e... inspiração para que os versos continuem a brotar e a encantar.
Abraço.

Suzete Brainer disse...

Poema belíssimo e único! !
Parabéns.
Deixo o meu carinho nos votos de
um Natal abençoado junto com a
sua família e 2018 repleto de sonhos
e realizações!
Agradeço a partilha de amizade entre
nossos blogs.
Beijo e Abraço de Paz, amigo Jaime.

Jaime Portela disse...

*******************************************************************************
Caros amigos, obrigado pelos vossos comentários. Voltem sempre.
Entretanto, acabei de publicar um novo poema. Espero que gostem.
Continuação de boa semana e os votos de um FELIZ NATAL para todos, extensivos à família e amigos.
Saudações poéticas.
*******************************************************************************

ANNA disse...

Hola gracias por pasar por ya tu blog.
Te deseo feliz Navidad y prospero año nuevo.
Besos.

Anónimo disse...

Gostei muito. Bom Ano.

Mena

http://pensandoempoesia.blogspot.com.br disse...

Bom dia Jaime,
Eu vejo em teus ardentes versos uma paixão arrebatadora. Confesso que hoje li aqui o mais belo dos poemas de amor!
Tenha um dia azul!
Abraço bem brasileiro!