Translate

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Na leveza vencida do olhar



Encontrei um tesouro
quando senti um aroma delicado
nas palavras que tecias com afeto.
Tendo pensado em beijá-las
com a faina indefensável do meu jeito,
compus no teu corpo
o desejo alicerçado de o abrir.
Descobri um sorriso de luz
aberto nos teus olhos,
que bebi,
até que em mim, a escaldar, se fundisse.
A razão,
antes cansada do gota a gota do sol,
ficou turva da tua limpidez
em segredos embrulhada, que rasguei.
Na leveza vencida do olhar,
encontrámos um rio caudaloso
e conquistámos, hirta,
a persistência da carne a acreditar.



Jaime Portela


55 comentários:

Rita Norte disse...

Que sensibilidade imensa está vertida neste poema, achei magnífico!
Quando a alma é bonita transparece no olhar e nem a razão a consegue abalar.
Beijinho

Karocha disse...

Belissímo Jaime


Bfs



Bjocas

Marta Vinhais disse...

Esse tesouro que é amar....
Lindo como sempre...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

✿ chica disse...

Ver sorrisos num olhar... Que linda inspiração e poesia! abraços, tudo de bom,chica

Franziska disse...

Me ha emocionado ver como se muestra un alma enamorada. Precioso. Felicitaciones por tu obra poética. Saludos muy afectuosos y cordiales. Franziska

Brisa disse...

É lindo Jaime.Muito lindo.
Encontro nas tuas palavras um aroma delicado e doce como tu tão bem escreves ou melhor dizendo:a alma dita...
Sinto tanta ternura neste poema em que olho e volto a olhar...cada frase tua.

Bjo e desde já te desejo um bom fim de semana.Tudo de bom para ti

Cidália Ferreira disse...

Belíssimo poema! Parabéns

Beijinhos

lua singular disse...

Oi Jaime
Adorei seu poema
O amor é lindo!
Obrigada pelo carinho
Beijos no coração
Lua Singular

Pedro Coimbra disse...

Intenso e belo.
Chapelada!
Aquele abraço, bfds

Odete Ferreira disse...

Mergulhei, profundamente, neste rio de emoção; saí leve pela beleza estética que nele encontrei.
Parabéns, Jaime. Bjo

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

A colocar a leitura em dia, sigo pasmado com tanta sensibilidade do meu amigo!
Abraço

Os olhares da Gracinha! disse...

Sensações agradáveis com o aroma poético bem inteligente! Bj

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Palavras escritas com muita sensibilidade.
Adorei Jaime.
Bjs e obrigada pela visita.
Carmen Lúcia.

vitalina de assis disse...

Olá amigo.

"Descobri um sorriso de luz aberto nos teus olhos, que bebi"...

Perfeito!

Quem não gostaria de ter um sorriso assim ... e tem muita gente achando que só os lábios podem sorrir.

Maravilhoso.

Abraços. E que nunca te falte este olhar.

Vera Lúcia disse...

Tão lindo, Jaime!
Arte e intensidade caminham de mãos dadas com o poeta em suas inspirações.
Belo dia e ótimo final de semana!
Abraço.

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Belíssimo poema, amigo Jaime! Parabéns! A carne sempre é poderosa, persistente e soberana. Grande abraço. Laerte.

Lilazdavioleta disse...

Nem todos sabem descobrir um sorriso , sobretudo num olhar . . .

Gosto deste poema .

Um beijo , Jaime , e obrigada pela visita ,
Maria

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Brilhas pela excelência, Jaime.
Parabéns.


Abraço
SOL

Teresa Almeida disse...

Criatividade, beleza e sensibilidade desembrulham-se nas tuas palavras.
Poema fascinante.

Beijo, Jaime.

Vanessa disse...

Olá!!! Vi o seu blog e gostei muito!!! Que lindas poesias, essas palavras realmente tocam o nosso ser. Sucesso!!!

Gracita disse...

descobrir um um sorriso num olhar é uma artimanha dos grandes poetas amantes das letras e do ofício de amar. Brilhante Jaime
Beijos no coração

Tais Luso disse...

O poeta é o único, no mundo das letras, que tem permissão para escrever o que quiser; diz de uma maneira que, bem ou mal, faz amigos, admiradores e quase nunca inimigos. Por que será? Porque escreve com beleza e com leveza. E quem não gosta do belo? Assim são os poetas.
Beijo, Jaime!

Célia Rangel disse...

Ao que nos leva o amor, hein?
Felizes somos quando nos deixamos contaminar pelo mesmo!
Intenso poema!
Abraço.

Minhas Pinturas disse...

Lindíssimo poema Jaime, Parabéns.
beijinhos, Léah

Graça Pires disse...

Apaixonado, sensível e intenso, o poema. Gostei, Jaime.
Um beijo.

VITORIO NANI disse...

Belo poema repleto de ternura e meiguice!
Abraços, Jaime, bom fim de semana!

Agostinho disse...

"A persistência da carne a acreditar":
uma proposição, afinal no final, chave do poema.
Abraço.

luar perdido disse...

Querido amigo, Jaime, quando se compõe no corpo amado esse desejo tão alicerçado de o abrir, decompor em fragmentos de luz e gotas de sol, só um amor sem limites o pode fazer.
Que belíssima ode ao tesouro de um coração em chamas. Que a conquista da persistência da carne a acreditar jamais se perca na voracidade dos tempos.
Beijos amigo e um bom fim de semana

Bandys disse...

O que tem de intenso,
tem de belo.
Parabéns.
Beijos

Andreia Morais disse...

Quanta sensibilidade e beleza. Adorei!

r: Recomendo o livro :)

Bom fim de semana*

Helena disse...

Descobrir um sorriso de luz aberto nos olhos da pessoa amada, sentir o aroma das palavras tecidas com afeto, e poder criar tão belo poema com estes versos acalentados na leveza vencida do olhar...
Simplesmente lindo, meu poeta!
O desejo de um lindo final de semana prolongado, num terno beijo da
Leninha

Mariazita disse...

O olhar, fonte de inspiração de poetas - olhos negros, olhos verdes, olhos castanhos... - e a luz dos olhos que se bebe até à saciedade.
Belo poema, gostei muito.

Votos de um Domingo feliz, querido amigo Jaime.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Brisa disse...

Olá meu querido Jaime
Voltei aqui novamente para olhar-te...
Continuação de um bom Domingo e desde já tambem desejo-te um bom feriado
Bjo em teu coração

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Boa tarde, Jaime, quanta intensidade em cada palavra, cada letra carrega em si a força para transmitir ao seu poema toda força do corpo, da luz, dos olhos, da carne, enfim tudo que vence na leveza do olhar. Belíssimo. Aplausos a você!

Parapeito disse...

Quando ha um sorriso no olhar...um milagre acontece :)
Gostei muito.
Abraço e brisas doces *

Suzete Brainer disse...

Poema muito belo, com excelentes e ricas
construções imagéticas.

Um domingo de paz para ti e família, Jaime!
Beijo.

Fernanda Maria disse...

Jaime:
Quando o olhar é correspondido, o amor vence , a carne chama e o poeta nos seduz.

Um beijinho com admiração



O Toque do coração


Aline Goulart disse...

Quanta intensidade e sensibilidade em um poema só. Admiro-te muito!
Tenha uma ótima semana. Beijinhos estalados...

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Estive ausente mas cá ando...

Como sempre belas palavras.O poema feito vida abraçando um tesouro.

Beijinho doce

Manuel Veiga disse...

belo poema, caro Jaime
prazer ler.te sempre.
admirável teu talento poético

caloroso abraço

M. disse...

O Jaime é um poeta sempre inspirado!
Beijinhos

Daniela Silva disse...

Este é um dos poemas mais belos que li seus. Parabéns, gostei muito!

Um beijinho com carinho

Diamonds In The Sky, Daniela Silva

Daniel Costa disse...

Jaime Portela
Que monumental poema, para o meu gosto, no conteúdo e na na forma.
Parabéns!...

Luiza Maciel Nogueira disse...

E que sorriso esse maravilhoso que repercute na poesia afora :)!

Beijinho!

graça Alves disse...

Lindo, como sempre!
beijinho

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, belo poema cheio de sensibilidade, corresponde ao porta no seu melhor.
AG

Fá menor disse...

Haja sempre Luz reflectida no olhar!

Boa semana, amigo!
Beijos

Maria Rodrigues disse...

A leveza de um olhar que transmite um amor belo e profundo.
Lindo poema
Um abraço
Maria

Aleatoriamente disse...

Uau! É um belíssimo poema.
Se houvesse pegadas a iluminar um poema
Esse teria passos de luz.

Abraço poeta.

meusertaopoetico.blogspot.com.br disse...

Bom dia, encontrei um tesouro ao adentrar nesse blog repleto de sensibilidade, de sentimentos em poesias que fortalece e transforma nosso espírito. Lindo blog, vou dá mais uma visitadas a fim de regar meu espírito com tanta sensibilidade, abraços!

Ana Freire disse...

A inspiração... sim... por aqui, é mesmo um rio caudaloso... que se revela em cada uma das suas palavras, Jaime!...
Mais um poema excepcional!... Parabéns!
Beijinho! Continuação de uma boa semana!
Ana

Smareis disse...

Um poema primoroso.
Muito bom!
Uma ótima semana Jaime!
Um ótimo mês
Um abraço, e um sorriso!
Blog da Smareis

Pedro Luso disse...

Um belo poema, caro Jaime, o seu Na leveza vencida do olhar. Gostei. Parabéns.
Um abraço.
Pedro

Jaime Portela disse...

*******************************************************************************

Caros amigos, obrigado pelos vossos comentários. Voltem sempre.
Entretanto, acabei de publicar um novo poema. Espero que gostem.
Continuação de boa semana para todos.
Saudações poéticas.

*******************************************************************************

© Piedade Araújo Sol disse...

JP
fechou muito bem o seu magnifico poema de amor, sedução e sensualidade.
" a carne a acreditar"
ficou aqui muito bem!
beijinhos

:)